APRESENTAÇÃO
METODOLOGIA
DICIONÁRIOS
FONTES
CONTATO

Português

A Á Â B C D E Ê F G H I Í J K L M N O Ó Ô P Q R S T U V W X Y Z

Back to: "L"

luzes de borda de pista
Definição1
Também chamadas luzes de margem de pista, elas emitem claridade no ângulo prescrito e com isso definem os limites laterais da pista sendo espaçadas de maneira uniforme em intervalos aproximados de 200 pés; a intensidade pode ser controlada ou pré-fixada.
Fonte1
DUTRA, Luiz Costa e Silva. Glossário aerotécnico: inglês-português. São Paulo: Traço, 1979. 469 p.
Fonte2
AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL. RBAC 154: projeto de aeródromos. Brasília, 2009. Disponível em: http://pergamum.anac.gov.br/arquivos/RBAC154EMD00.PDF. Acesso em: 16 jul. 2014.
Fonte3
AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL. RBAC 154: projeto de aeródromos. Emenda 01. Brasília, 2012. Disponível em: http://www2.anac.gov.br/biblioteca/rbac/RBAC154EMD01.pdf. Acesso em: 12 maio 2014.
Nota adicional1
As luzes de borda de pista de pouso e decolagem devem estar situadas ao longo de toda a extensão da pista, em duas fileiras paralelas e equidistantes ao eixo.
Nota adicional2
As informações fornecidas para este termo são resultantes de trabalhos de pesquisa do DECEA em cooperação com a ANAC.
Contexto
As luzes de identificação de cabeceira devem estar situadas simetricamente ao longo do eixo da pista de pouso e decolagem, alinhadas com a cabeceira e a, aproximadamente, 10m para fora de cada linha de luzes de borda de pista.
Subárea
Infraestrutura Aeroportuária
Subárea2
luzes de bordos de pista
luzes de margem de pista
Imagem

 Luzes de borda de pista (Fig. 13-14).

Luzes de borda de pista (Fig. 13-14).

Fonte: BRASIL. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. MANINV-BRASIL: manual brasileiro de inspeção em voo. Rio de Janeiro, 2005. Disponível em: http://publicacoes.decea.gov.br/view.cfm?id=2755. Acesso em: 10 jun. 2014.